Evolução da influência e novos modelos de negócios!
Saiba como empreender e dar mais visibilidade a sua marca por meio do Marketing de Influência.
19 de Novembro de 2019 / Julia Amantini
##InfluenciadorDigital#MarketingdeInfluência#Marca#Negocios
 
O marketing de influência tem sido cada vez mais promissor e passou a ser utilizado pelas marcas como uma estratégia de negócios. Nesse tipo de marketing, o influenciador se envolve com a marca e acaba sendo uma "ponte" com seus clientes, a fim de aumentar a empatia da marca assim como sua capacidade de alcance. 
 
Aprenda utilizar o MKT de Influência
Para aplicar o Marketing de Influência, primeiramente é necessário delimitar seu objetivo principal: Sua marca quer apenas divulgar um produto? Gerar leads? Reforçar seu branding? 
Lembre-se de que os influenciadores trabalham com diferentes formas de parcerias e monetização do seu trabalho, tem grande alcance daquilo que veiculam, por isso, detém de um grande poder virtual.
 
Conheça seu público
É importante que você conheça sua persona, que nada mais é do que a personificação do seu consumidor real, é preciso saber como alcançá-lo, nutri-lo e estabelecer um bom relacionamento com sua marca, além do mais, isso ajuda a nortear seu trabalho com os influenciadores mais adequados.
 
Planejamento
Após a contratação do influenciador, inicie o planejamento das ações em conjunto com ele, isso será importante para alinhar suas expectativas e alguns detalhes como: o tempo de veiculação e as exigências de exclusividade.
De acordo com a Forbes (revista estadunidense de negócios e economia), os canais utilizados na divulgação dependem muito dos objetivos do contratante e dos próprios influenciadores escolhidos. Diferentes canais, como: Instagram, YouTube, blog ou Twitter, são usados para atingir diversos públicos. Atente-se com relação a isso!
 
5 Dicas para contratar um influenciador:
 
1. Os influenciadores mais populares são os mais recomendados para a exposição de marca, enquanto os microinfluenciadores podem oferecer melhor conversão em vendas;
2. É preciso analisar todo o histórico de um influenciador e o quanto ele tem de afinidade com a marca antes de se associar a ele, solicite o mídia kit do influenciador digital;
3. Dar liberdade aos produtores de conteúdo é essencial. Um conteúdo patrocinado “engessado” pode afugentar os consumidores;
4. Tem alguma preferência com relação aos influenciadores? Lembre-se: seus seguidores podem não gostar deles!
5. Não se esqueça que o público confia muitas vezes mais nos influenciadores do que nos canais tradicionais de publicidade ou informação.
 
Empresas que já investem
A empresa de aplicativo de transportes, 99, contratou mais de duzentos microinfluenciadores para promover a campanha “Recalcula SP”, que criou conteúdos autênticos e fez com que a marca fosse vista mais de 7 milhões de vezes pelos usuários da web.
 
A operadora Oi também investiu nesse tipo de divulgação e recentemente contratou Whindersson Nunes para produzir materiais para internet, além de protagonizar propagandas na televisão. Uma live do youtuber no canal da companhia atingiu 2,5 milhões de views, o que fez a empresa de telefonia "bombar" suas vendas.
 
Futuro do Marketing de Influência
Essa nova forma de empreender será muito promissora. No futuro não tão distante, todos nós seremos influenciadores digitais e poderemos ganhar dinheiro com isso. 
Algumas empresas ainda não investem nesse tipo de marketing, e estão perdendo espaço para seus concorrentes, porque não sabem como implementar esse tipo de parceria e adequá-la ao seu perfil, mas nisso a
i-THINK pode ajudar você!
 
Além do Marketing de influência, há outros meios para aumentar a popularidade da sua empresa, conquistando mais clientes e por consequência vendendo mais. O Google ADS, por exemplo, é uma maneira mais simples de atingir um número muito maior de pessoas e potenciais compradores para seu negócio e disso nós também entendemos!
veja também:
Nos siga nas redes sociais e fique de olho em nossos conteúdos!
ÁREA DO CLIENTE